ANGELICA FRANCO DE OLIVEIRA

 

AUTOR:  ANGELICA FRANCO DE OLIVEIRA
TÍTULO: ENTEROBACTÉRIAS PRODUTORAS DE ESBL DO TIPO CTX-M PRESENTES EM AMBIENTE HOSPITALAR VETERINÁRIO

ORIENTADOR:  Prof. Dr. ARIEL EURIDES STELLA
DATA DA DEFESA:
 30/04/2019

 

RESUMO

 

 

O processo de evolução bacteriana que leva à resistência aos antibióticos é natural, mas devido a grande pressão seletiva decorrente do uso indevido de antibióticos esse processo tem sido acelerado. O elevado número de bactérias multirresistentes que tem sido isoladas é um problema de saúde pública. As enterobactérias são bactérias geralmente comensais, entretanto podem causar infecções, e a característica de resistência mais importante entre elas e a produção de β-lactamases. Buscando caracterizar melhor os microrganismos circulantes e potencialmente causadores de infecções em ambiente hospitalar veterinário, este estudo objetivou identificar as enterobactérias produtoras de ESBL do tipo CTX-M presentes em hospital veterinário. Foi realizada coleta de suabes de arrasto de objetos que entram em contato com os pacientes e com os profissionais que ali trabalham, para a identificação das enterobactérias. Foram realizadas 10 coletas, obtendo-se 306 amostras, dessas, 118 enterobactérias foram identificadas como segue: Escherichia coli 56, Enterobacter spp 25, Klebsiella spp 19, Proteus mirabilis 13, Serratia spp 03, Citrobacter spp 02. Dentre as enterobactérias identificadas 17 produziram β-lactamase e 15 dessas foram do tipo CTX-M. É de grande importância conhecer a população bacteriana circulante no ambiente hospitalar veterinário, e a sua resistência aos antimicrobianos, para que os profissionais possam tomar medidas apropriadas para minimizar os riscos de Infecção.

 

 

 

Related Files Size Archive Fingerprint
DISSERTAÇÃO ANGELICA FRANCO DE OLIVEIRA 1638 Kb 5c7a6a0a412d3da1d705907518397a6f