EMÍLIA DA COSTA GARCIA

AUTOR: EMÍLIA DA COSTA GARCIA

TÍTULO: AUTOTRANSPLANTE HETEROTÓPICO DE TECIDO OVARIANO EQUINO

ORIENTADOR: BENNER GERALDO ALVES

DATA: 27/02/2020

Resumo

O tecido ovariano quando coletado por procedimentos de biópsia permite a realização de diversos estudos com aplicações clínicas no campo da preservação da fertilidade feminina. O objetivo do presente estudo foi avaliar a influência da idade da doadora e dos sítios de transplante intramuscular (IM) e subvulvar (SVU) sobre a qualidade, ativação e densidade folicular em fragmentos de tecido ovariano equino autotransplantados após 3 e 7 dias. Fragmentos de tecido ovariano foram obtidos (n= 8) por meio de biópsia e, em seguida, autotransplantados aleatoriamente nos sítios IM e SVU e recuperados após 3 e 7 dias. Os principais achados foram: (i) a viabilidade e ativação folicular foram menores nos fragmentos transplantados no sítio SVU; (ii) a depleção folicular pós-transplante variou entre animais e não foi influenciada pela idade e; (iii) a presença de estruturas ovarianas (folículos antrais e corpo lúteo) no momento da biópsia tem associação com a densidade folicular nos fragmentos obtidos.

Related Files Size Archive Fingerprint
Dissertação de Emília da Costa Garcia 1584 Kb cd1bb8df089dd8504dc1b1c1b9113f32