MILENE CRISTINA MENDES LOPES

AUTOR:  MILENE CRISTINA MENDES LOPES
TÍTULO: 
Salmonella Infantis MULTIRRESISTENTE EM CARNE BOVINA MOÍDA COMERCIALIZADA EM JATAÍ-GO

ORIENTADOR:  Profa. Dra. MÁRCIA DIAS
DATA DE DEFESA:
 30/04/2019

 

Resumo 

 

O sorotipo enteropatogênico Salmonella Infantis é um importante agente etiológico, sendo responsável por causar infecções não tifoides em humanos pela ingestão de alimentos contaminados. Os riscos para saúde pública aumentam quando esse sorotipo apresenta resistência aos antibióticos comumente utilizados no tratamento dessas infecções. Considerando a importância da inspeção dos alimentos, bem como seu impacto na saúde pública, objetivou-se avaliar a qualidade microbiológica de carne moída bovina comercializadas no município de Jataí-GO, em estabelecimentos fiscalizados pelo Serviço de Inspeção Municipal. Foram considerados oito estabelecimentos fornecedores de carne bovina, sendo as coletas realizadas semanalmente em quatro estabelecimentos por vez, respeitando a periodicidade de 15 dias em cada local, no período matutino iniciando as 10h00. Em cada local foram realizadas observações por meio de verificação de Boas Práticas, aferição de temperaturas, suabes do moedor, coletas de amostras de músculo traseiro bovino moído. Nessas foram realizadas análises microbiológicas para Salmonella spp., Escherichia coli e Staphylococcus coagulase positiva e de pH. A análise estatística foi realizada de forma descritiva considerando a legislação vigente e o formulário para verificação. Apenas três estabelecimentos tinham câmara fria e um apresentou temperatura média elevada (>4°C), já as temperaturas dos balcões expositores em todos os estabelecimentos estavam de acordo com a legislação. Porém, as temperaturas dos moedores (>20°C), das carne in natura e moida estavam elavadas (>7°C) e o pH da carne moída apresentou-se um décimo (5,7) abaixo do indicado pela legislação. Apesar da maioria dos estabelecimentos não ter sido observada falhas referentes as práticas higiênico sanitárias, nas análises microbiológicas houve presença de E. coli e Staphylococcus coagulase positiva na carne moída e nos suabes. Cepas de S. infantis foram isoladas somente na carne moída e apresentaram multirresistência ao cloranfenicol, sulfametoxazol-trimetoprim e tetraciclina. Foi observada resistência intermediária preocupante ao antibiótico cloranfenicol, que é comumente utilizado no tratamento de salmonelose em humanos. Essas resistências implicam em falhas nos tratamentos da doença, maior risco de infecções da corrente sanguínea e aumento da taxa de hospitalizações. Portanto, há necessidade de fiscalização efetiva das condições sanitárias, adequação de temperaturas e de avalição microbiológica efetivas desses estabelecimentos para assegurar a comercialização de produtos com qualidade para o consumidor.

Related Files Size Archive Fingerprint
DISSERTAÇÃO DE MILENE CRISTINA MENDES LOPES 771 Kb 9ac7f4030258f9cc62dc179de42c221f